REDES SOCIAIS

Blog

16.09 0
COMENTÁRIO(S)

“Não cheguei sozinho”: Maurício von Helde

mauricio_2_baixa

O trabalho do produtor executivo exige conhecimentos básicos em várias áreas como técnica de som, iluminação, cenário, e, especialmente, “relações humanas” – é o que explica  Mauricio von Helde, que ocupa essas funções desde o final de 2013. Quando entrou pra equipe ele só não sabia que frequentemente teria de organizar um mergulho com raias gigantes ou a entrada da equipe num manguezal: bem- vindo ao mundo de Lenine!

Daí em diante foi só estrada. Formado em Relações Públicas pela UERJ, produtor de eventos desde os 15 anos e ex- estagiário da gravadora Biscoito Fino (pra resumir a história), Maurício acompanha todas as turnês de Lenine, coordenando o trabalho dos técnicos, e, como ele diz, sendo um pouco de tudo, às vezes até… psicólogo:

Além de controlar o tempo para cumprir o que está no cronograma, minha função é administrar seres humanos. Eu não executo a parte técnica propriamente dita, mas conheço um pouco de cada área. Faço a ponte entre as pessoas  e preciso ter uma visão macro da coisa – conta o produtor.

Perguntado sobre suas habilidades musicais, ele brinca: “eu toco a banda pra frente”. Imagine agora, no Rock in Rio: a “banda” tem 50 pessoas. Mas von Helde está seguro. “Só tem fera. Todo mundo é mais do que ‘faixa preta’, todo mundo sabe o que fazer”. Aí vem a pergunta clássica: frio na barriga? Maurício: “é esse frio que move a gente”

Reza a lenda que Maurício está no grupo firme e forte apesar da cabeleira, pois segundo JR Tostoi não é permitido outro cabeludo no grupo além de Lenine – tanto que ele ficou careca – #sqn. O que importa é que a brincadeira já foi explanada até nas redes sociais do Lenine. “Maurício, diz aí, qual shampoo você usa?”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comentário

0 COMENTÁRIO(S)