REDES SOCIAIS

Blog

03.01 0
COMENTÁRIO(S)

O que amor que move

“Andei pra chegar tão longe e daqui de longe eu olhei pra trás, e foi como ver distante eu atravessando os meus temporais”, canta a letra de “Anna e eu”. Em Chão, Lenine fala que “Amor é para quem ama. É pra quem vive”, e cita Guimarães Rosa. Entre março e julho de 2014, o cantautor percorreu 12 estados brasileiros com a turnê “Música e Sustentabilidade numa só nota”, e viu que amores não inspiram só canções. Muitos projetos socioambientais são feitos a quatro mãos, por casais como os biólogos e professores do Museu Nacional/UFRJ Clovis Castro e Débora Pires, ambos com doutorado em Zoologia. Dessa união nasceu o Coral Vivo, que luta pela conversação de recifes de corais através da educação ambiental e sensibilização da sociedade.

Morador de Campinas de Açu da Torre, em Mata de São João (BA), Cícero Santana impressiona e emociona quem o vê andando na mata. A forma como se movimenta e fala dela, reconhecendo plantas e animais pelo nome, num misto de conhecimento empírico e científico, demonstra a intimidade e o amor de quem vive não só NA floresta, mas sobretudo A floresta. Intimidade e amor que puderam ser melhor desenvolvidos quando o técnico em meio ambiente conheceu o Floresta Sustentável, criado pelo casal Álvaro Meirelles e Thaise Costa.

Histórias que mostram que o amor é algo pra se cultivar. E melhor de tudo: é se encontrar.

Confira os bastidores da turnê “Música e Sustentabilidade numa só nota”:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comentário

0 COMENTÁRIO(S)