REDES SOCIAIS

Blog

25.01 16
COMENTÁRIO(S)

Lenine no Roda Viva: assista

Confira os quatro blocos do programa.




E aqui, uma entrevista após o programa:

Qual foi a parte mais interessante do papo, para você? Comente!

TAGS: tv,

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comentário

16 COMENTÁRIO(S)
Helder Meireles

Grande Lenine,cada vêz mais surpreendendo ao público com suas artemanhas de se expressar. Até o carnaval do Recife!

5 anos atrás

Ivandro

"Chegar e falar sobre o que faz é menor do que fazer" É um sábio...!

5 anos atrás

Betecsoares

É impressionante como os nossos jornalistas não se interessam em se aprofundar no universo do artista que vai ser entrevistado. Lenine é um poeta, um compositor, um músico, um ser do século XXI; apesar de brasileiro, sua abrangência mental , lúdica e futurista causam um impacto diante de tanta descartabilidade. O que se viu aqui: tanta racionalidade pra pouca sensibilidade. Que tédio. p.s.: É, Lenine , você se basta. Parabéns!

5 anos atrás

Luiz Zahar

Prezado Lenine, veja como são as coisas. Assisti a sua entrevista sem grandes pretensões, afinal nunca comprei um CD seu e para falar a verdade não sei nem o nome de nenhuma. Mas a sua entrevista foi tão carregada de verdade e a forma simples como você aborda temas fundamentais do universo da música, mostrando que mais de erudição, a música está entranhada na sua carne como aquele espinho que não sai, que pronto, ganhou um fã que nunca ouviu uma música sua. Mas é só por enquanto, prometo, já estou correndo atrás do prejuízo para comprar todos os seus CDs. Um forte abraço e meus parabén pela sua entrevista tão brilhante.

5 anos atrás

Rodrigo Bosshard (Suíço)

Assisti ao vivo e adorei.. muito bom! Pbns Lenine pela bela entrevista. Abraços..

5 anos atrás

Raisa Oliveira

Muito bom não me canso de ouvir o grandioso Lenine falar e cantar , é muito aprendizado .

5 anos atrás

João Rodrigues

Esperando ansiosamente,desesperadamente ,pelo show do galego no Recife! Gênio,mestre,sensacional. Não vi pela tv,mas tive essa linda oportunidade de vê por aqui! Lenine é o cara! É o Leão do Norte.

5 anos atrás

Edvado C. Amorim

Orgulho de tê-lo como conterrâneo, realmente PERNAMBUCO NÃO É PARA AMADORES!

5 anos atrás

Betecsoares

Lenine, antes de mais nada, sou sua fã incondicional. E tenho conhecimento de quase tudo que te fascina. E ái, diante de um programa desses, a gente imagina que vão surgir perguntas interessantes, abordagens criativas, temas instigantes, para que você possa transgredir as respostas óbvias para perguntas tão banais. Enfim, só para atestar: Te acho um ser luminoso, diferenciado por um caminhar exemplar, que transcende o que empaca os menos audaciosos. Um grande abraço nesta alma cósmica.

5 anos atrás

Lígia Lorusso

Sensacional... adoro a forma que Lenine encara as perguntas... uma diplomacia ímpar... Respostas inteligentes, boas histórias, enfim... foi uma ótima companhia para a minha madrugada, já que não consegui assistir o programa na segunda... Foi muito legal conhecer um pouco mais sobre a consciência ecológica existente nele, os outros lados da pirataria...

5 anos atrás

Ana Beatriz

Ainda me lembro quando uma amiga me apresentou sua música através de uma fita gravada do álbum Olho de Peixe, que me causou um grande impacto. Algum tempo depois, acho que em 1998, tive a oportunidade de estar presente no show Os Cinco no Palco no SESC em São Carlos, daí pra frente venho seguindo seu trabalho e recebendo cada novo álbum como um presente. Parabéns a você, aos parceiros de composição e aos excelentes músicos que te acompanham há tanto tempo.

5 anos atrás

Vanessa

Parabéns ao Roda Viva por trazer um músico que realmente sabe comover com suas composições, um cara inteligente....Surpreendente Lenine, maravilhosa entrevista, Abraços!!!

5 anos atrás

Joca Liberato

Novas tecnologias implicam em mudanças de paradigmas. Certamente o modelo de negócios com a música já não é mais o mesmo, desde que temos internet, mp3, etc. Lenine é um grande artista colado ao seu tempo - quer seja no século XX quanto no século XXI... Sim, Pernambuco não é para amadores!

5 anos atrás

Adson Felipe

Show de Bola!!! Muito boa a entrevista mais uma vez o Lenine se destaca pela sua simpatia e humildade! Deus te abençoe meu querido!!!

5 anos atrás

Leonardo Amaral

De facto uma grande entrevista - que não foi melhor porque infelizmente o Roda Viva hoje não tem um âncora tão "dedicado" e as perguntas foram particularmente ruins (Alias, porque diabos o programa resolveu tocar em Política e depois cortou o raciocínio do Lenine?). Mas vim falar algo um pouco diferente. Fiquei particularmente pensativo sobre o efeito musical que ele se propôs com o disco Chão (Alias, achei magnifica a ideia de poder ouvir a música. Quando Paulo Coelho disse o que disse e agiu como agiu sobre a questão da pirataria, fiquei com vontade de ter livros dele nem tanto pela leitura, mas pela atitude que ele teve). Deu pra notar sensivelmente que Chão tem uma proposta que não cabe na mídia atual. Explico: CDs amostram em 44100 (Pouco atoa mais do que o teorema de Nyquist diz ser ideal para audio) e em somente dois canais. Este disco está mais para um DVD-A (até 7.1 canais @ 96khz) ou para mídia digital (MP3 suporta 4 canais até 96Khz se não me engano e AAC+ vai mais longe ainda). E nem cito o vinil porque normalmente as gravadoras passam sempre um DSP no meio do caminho e qualquer amostragem digital degrada o som irreversivelmente. Acredito que uma mídia mais decente seja cabível e até um requisito. Alias, com DSPs mesmo os dois canais podem ser bem "expandidos" (Que é o que acredito ser o "efeito fone de ouvido" que Lenine disse na entrevista), e apesar de ter um efeito interessante, ainda é um efeito artificial no sentido de ser "emulado". E como colorir digitalmente uma fotografia preto e branco: É possível estimando a cor pelo contraste, mas não é a mesma imagem que o fotografo viu no view finder. Sobre a qualidade do MP3/AAC/Que seja tenho uma ressalva quanto ao que o Lenine disse na entrevista: O algorítimo de compressão do som tem perdas, mas estas perdas podem ser controladas e dá pra deixar um arquivo maior/menor em relação a qualidade que se quer. Neste termo, também não estou me restringindo ao bitrate como todos deveriam pensar até agora. Mesmo em 320k, há um corte profundo em algumas frequências e eu gostaria de demonstrar isso analisando o espectrograma. Selecionei os primeiros segundos - separadamente - para mostrar como há um corte seco na codificação. Usei uma FFT de 16k para realmente não ter problemas com a margem de erro. Os primeiros 30 segundos são assim: http://leleobhz.org/Tralhas/index.php?dir=Lenine/&file=lenine1.png Vejam que tem um corte seco em exatamente 16khz. O limiar da audição humana é aproximadamente 20k mas a perda se dá em escala logarítmica. No outro trecho, onde aparece a vibração nos baixos, o gráfico muda um pouco, mas ainda assim.... http://leleobhz.org/Tralhas/index.php?dir=Lenine/&file=lenine2.png E sobre a compressão, dá pra configurar muito bem (Dependendo do codificador) como ele vai tratar os parâmetros acústicos, e imagino que dá pra otimizar bem essas coisas também (Embora nesse sentido eu seja muito inexperiente para dizer algo), O problema é que as pessoas tratam o áudio digital como somente aquele MP3 bacana que o sujeito baixa na internet onde o camarada para cria-lo clica em um botão e poe o CD dentro do drive. Realmente essa forma de codificação não tem compromisso algum com a qualidade. Comentário meio grande, também fiquei cheio de ideias (Quando ele falou da dupla de PAs no palco já comecei a pensar em uma infinidade de distribuições alternativas que poderiam dar uma acústica muito boa), mas prefiro comentar noutra oportunidade (Seja ela qual for). Em todo caso, temos uma música fantástica e que por mais estranho que pareça, acredito que dessa vez uma mídia tão pobre em áudio quanto o CD não consiga carregar a plenitude do som feito neste disco.

5 anos atrás

Neide

LENINE Você é fantástico !!! Todo seu sucesso e reconhecimento são ainda inferiores ao seu imenso talento ! Sucesso sempre e a cada vez mais !

5 anos atrás