REDES SOCIAIS

Blog

02.03 0
COMENTÁRIO(S)

Linha do tempo: Lá vem o Baque!

“Cultura popular, ciranda, maracatu, caboclinho, com influência de harmonia mineira, parecia rock mas não era”* – que seria isso, Lula Queiroga? A começar pela capa, não há dúvidas de que o poeta está falando de Baque Solto, disco de estreia dele e Lenine, em 1983.

DI01348

Capa: Lenine e Lula, com alfaia, violão, sandalhão e tudo, e aquele punhado de gente embaixo, maracatu, boi bumbá, folia de reis. Daquela gente toda retratada na arte de Romero Cavalcanti, há quem tenha sumido no mundo – e quem tenha virado, por exemplo, catedrático de física numa universidade. Há quem já não esteja mais por aqui. Baque é tão cheio de saudade que mereceu uma reedição especial em 2013, comemorando os 30 anos de sua gravação, que aconteceu nos estúdios da Polygram, a convite de Roberto Menescal, em 1992. Assista a um trecho desse reencontro!

*extraído de “Lenine e Lula Queiroga caem novamente no baque solto” 
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comentário

0 COMENTÁRIO(S)